Perspectiva em Pauta

Autor Convidado: Diego de Sousa Coutinho

Todo dia é dia

de valorizar

27/11/2020

Todo dia é dia de agradecer,

de se fazer enxergar o que no cotidiano não se vê,

de valorizar quem cedo madruga

para que mais de 40, numa sala pequena, possa aprender,

é dia de dizer a seu professor ou professora

muito obrigado por me ensinar muito mais do que contar e ler.

 

É dia de relembrar as aulas divertidas,

e até mesmo as de sermão com aquela professora rígida,

é dia de repetir pro mundo que a Educação é o caminho,

e que os guias são as professoras, como a dona Brígida,

o professor Sérgio, a professora Huilna, a Paula, a Marteana,

a Sineide, o Wesley, a Sislândia, e a professora Lídia.

 

Mas eu tenho que dizer que acho interessante

que a todo instante

alguém chega pra mim e pergunte: por que professor?

Imagine um mundo que não tenha essa profissão tão deslumbrante?

Imagine uma sociedade em que não se tenha alguém pra ensinar com amor? Imagine a vida sem alguém pra auxiliar, pra mostrar o quanto o mundo pode ser instigante?

 

Imagine um mundo que saibamos ler só a palavra,

e não saibamos ler o mundo de que ela fala?

Imagine saber só a técnica,

e não saber o para que ela te prepara.

Ser professor, significa ajudar abrir os olhos

fechados de quem se diz livre, mas nasceu numa jaula.

 

A jaula de uma sociedade decadente,

que acredita que riqueza é ter dinheiro pros seus descendentes,

que se esquece que vivemos no mundo, que dependemos da natureza,

E que com tamanha crueldade vai queimando toda essa beleza.

Desmata, queima, suja em nome de uma falsa riqueza,

e o professor vai tentando

ensinar, pra ver se a gente consegue,

fazer pelo menos um ou dois se conscientizar,

pra mode não deixar tudo se acabar.

 

Viva quem ama

em forma de lecionar.

E lembrem-se,

todo dia é dia de valorizar.

insta ok.jpg
insta ok.jpg
face1.png

Conteúdos anteriores:

Renato Russo (1).png

COMENTÁRIOS