Novo zoo na Quinta da Boa Vista já está aberto ao público

O local poderá ser visitado diariamente das 9h às 17h


Aberto desde sexta-feira somente para sócios, o BioParque do Rio começa a funcionar hoje para o público em geral. O novo zoo na Quinta da Boa Vista pode ser visitado diariamente das 9h às 17h. As famílias interessadas em conhecer a nova atração da cidade devem comprar os ingressos exclusivamente pelo site (https://ingressos.bioparquedorio.com.br).

O preço individual é R$ 39,75, para a tarifa normal. Crianças e estudantes até 21 anos, idosos e pessoas com deficiência poderão pagar meia-entrada, por R$ 19,87. Para quem tem até dois anos e 11 meses, não há cobrança. Devido à pandemia, a capacidade de público está limitada a 20% do total. O uso de máscara é obrigatório, assim como manter um distanciamento mínimo de dois metros, entre outras medidas preventivas.


O BioParque também oferece o plano de sócios, com o valor individual de R$ 80 ao ano. O titular pode incluir até sete dependentes por mais R$ 60, cada um. O pagamento poderá ser parcelado em até 12 vezes sem juros. Os sócios têm acesso ilimitado ao parque durante todo o ano e desconto de 10% na loja, lanchonetes e restaurantes do local, entre outras vantagens. Também podem iniciar a visita às 8h30.


Foram quase dois anos de obras envolvendo a restauração e a expansão da estrutura que pertencia ao antigo Jardim Zoológico da Quinta. "Queremos transformar o BioParque em um lugar de referência para a conservação e proteção dos nossos animais", afirmou Pablo Morbis, presidente do grupo Cataratas, responsável pela administração do espaço, que vai abrigar aproximadamente 140 espécies diferentes, dos quais 33% em risco de extinção.


Entre as novas áreas de visitação, estão a Vila dos Répteis, com jacarés e serpentes; a Ilha dos Primatas, com várias espécies que pertencem à Amazônia; o setor Reis da Selva, com leões, onças e tigres; a Savana Africana, com zebras, girafas e hipopótamos; os Polinizadores, onde os visitantes poderão ter contato com pequenos insetos e borboletas, entre outros; e a Fazendinha, local em que será possível acariciar e alimentar os animais, de forma supervisionada.


Fonte: O Dia




5 visualizações0 comentário
pôr do sol
pauta1-removebg-preview.png

Acesse nossas redes sociais

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • whatsapp icone